Ai,ai,ai,ai

Fui convocada para comparecer no centro de emprego para uma treta que eu desde que recebi a convocatória suspeitava que não era para mim.

E eu bem mandada que sou, fui. Obviamente que a hora marcada não foi respeitada. Nem pelo "orador" nem por alguns convocados (irrita-me tanto...mas tanto, a falta de pontualidade neste país!).

Enquanto esperava estava lá uma convocada, daquelas que mete conversa e nunca se cala. Em 5 minutos fiquei a saber a vida dela pessoal, o CV dela, ouvi falar mal do Socrates, da ministra do trabalho, da ministra da saude, do centro de emprego, da Salvador Caetano (!!), e da CP. Eu lá punha o meu sorriso amarelo nº 3, ia olhando para o telemovel...e nem assim! Eu não sou antipática (apesar de este tipo de conversa da treta me irritar um bocadinho)...mas estava mal humorada...porque não queria estar ali, porque estava ligeiramente mal disposta (acho que abusei na quantidade de "molho à espanhola", nos carapaus), porque estava um calor infernal dentro daquela sala, e simplesmente porque sim.

Com 10 minutos de atraso, o orador chegou. Começou para lá a falar, rebéubéubéu pardais ao ninho....até que disse: "Para fazer isto, têm de ter o 12º ano, estarem inscritos nesta área, senão não faz sentido...tal como não faz sentido isto ser feito por licenciados..." Pára tudo!! Mãozinha no ar: Isto não é para licenciados?...então o que é que eu estou aqui a fazer???!!....(eu bem que sabia que esta treta não era para mim).

No fim, feitas as contas, o "orador" ficou quase sem fregueses por falta de requesitos: Eramos 20 pessoas, 15 não tinham 12º ano, eu sou licenciada...os restantes 4, reuniam os requesitos, mas ao saber que aquilo não era obrigatório...puseram-se na alheta.

 

 

tags:
desabafo por F. às 21:26
link do post | Diz aí | favorito