Vou depois...

Há 2 anos, estava eu em pleno Parque Xcaret, México, quando torço o pé. Até vi estrelas...cadentes! O pé inchou logo, e quase que não conseguia pô-lo no chão. Como ia para casa no dia seguinte, e também porque não me apetecia muito conhecer os hospitais mexicanos (meeedo!), pensei "Vou depois quando chegar a Portugal". Quando cheguei ao nosso rectangulo, apesar do pé parecer uma bola, pensei "já não me doi assim tanto...e o inchaço deve ser do vôo...vou depois ao médico". E o "vou depois"  foi nunca. Volta e meia, lá me doía o pé, volta e meia lá inchava...até que hoje, a correr para atender o telemovel, torci-o outra vez...dor, muita dor! Já pus gelo e pomadas, e não está melhor. Custa-me taanto pô-lo no chão! E quando me queixo a resposta é "Eu disse-te para ires ao médico há 2 anos. Foste teimosa, agora aguenta-te com coisas mal curadas!"

Pareço aqueles miudos que levam porrada depois de cairem... 

tags: ,
desabafo por F. às 21:53
link do post | Diz aí | ver comentários (3) | favorito