Fui e já vim

Estive uns dias em terras de nuestros hermanos. (Ah e tal, tu não gostas de espanhois e o nosso presidente apelou para passarmos férias cá dentro...é tudo verdade, mas com grande pena minha, passar uns diazitos do outro lado da fronteira é bem mais barato do que no Algarve).

 

O piolho andou feliz da vida. Piscina...muita piscina! Até mergulhou 2 vezes de cabeça (claro que não foi de uma prancha, a fazer um mortal!)

Por tou-se bem...birras, nel vê-las! Dormia 2 mega sestas por dia, e dormia a noite toda até às 9h!

Fez greve de fome...não quiz comer sopa nem beber leite, nem papa...acho que o culpado foi o calor, porque iogurtes marchavam ( e ele que nem acha grande piada a iogurtes!!)

Foi pela primeira vez à praia, e adorou a areia, e a àgua. Era vê-lo de sorriso de orelha a orelha! Deve ter achado intrigante, como é que aquela água toda andava para trás e para a frente, pois ficava tempos e tempos a olhar para os pés a serem molhados pelas (mini) ondas.

Metia-se com as pessoas: sorria e escondia a cara, fazia os brrrrr, e guinchos dele...uma alegria.

Ficava fascinado com os passaros e com crianças a correr!

Já no regresso, parece que fez de proposito: não pregou olho até às 17h!

Via-se que o piolho estava feliz. Sempre com um sorriso estampado, sempre a admirar as coisas novas. Mas sobretudo acho que ele estava feliz por ter o pai 24h por dia a mima-lo! Andava sempre a rastejar (sim, ele bem tenta pôr-se a jeito para gatinhar, mas tem o rabo pesado) para perto dele, sempre a tocar nele, a fazer festinhas na cara, e a puxar-lhe o cabelo também!

E não... não fiquei com ciumes!

 

desabafo por F. às 10:25
link do post | favorito