A dar em doida!

Desde que o piolho aprendeu a gatinhar e a pôr-se de pé, o (pouco) sossego acabou! Se ele já não parava um segundo, agora parece que só está bem a arranjar forma de se aleijar!

Hoje então, estava a ver que o dia não acabava sem irmos fazer uma visita ao hospital.

 

Tudo começou quando cheguei das compras. Fui pô-lo na sala, com a tv ligada no Baby First, enquanto fui buscar as compras ao carro. Ia começar a arrumar as ditas compras, quando reparo que o piolho estava muito silencioso. Fui à sala, e ele já tinha saído do "parque", e estava a tentar subir o degrau que há na sala. (Fiz logo um filme: Vão-lhe escorregar os pés, vai bater no degrau, e no minimo parte a cabeça). Levei-o comigo para a cozinha. Claro que a primeira coisa que fez, foi gatinhar em excesso de velocidade para as gavetas. "NÃO!! NÃO É PARA O BÉBÉ MEXER"...e ele fica a olhar para mim, sentado...por 2 segundos fico orgulhosa da obdiência do piolho...até ele voltar a esticar a mão para abrir a gaveta...e lá volto eu "NÃO!! NÃO É PARA O BÉBÉ MEXER"...e a coisa continua até ele se cansar (pelo menos sou mais teimosa que ele).

Já que eu não o deixava entalar-se nas gavetas, tentou tirar as garrafas da garrafeira. E mais uma vez "NÃO!! NÃO É PARA O BÉBÉ MEXER"...e mais 5 minutos nisto.

Quando desistiu, decidiu pôr-se de pé agarrado às cadeiras. (Fiz logo outro filme: a cadeira vai-se virar, ele cai para tráz, leva com a cadeira, e no minimo parte a cabeça). Eu sentava-o no chão e ele choramingava e voltava a levantar-se. E eu sentava-o, e ele levantava-se. E eu voltava a senta-lo e ele voltava a levantar-se. Até que uma das vezes que se levantou, fez o tipico "olha só com uma mão!", falta-lhe o equilibrio...e pumba, cabeçada no chão....e chorou,chorou,chorou...eu pego-o ao colo, dou-lhe beijinhos, digo que já passou, e ele chora e chora...levo-o para a sala, está a dar o Musti...e tudo passou (anda uma mãe a criar um filho...para ele se consolar com um gato em vez dos meus mimos!)

Depois do jantar, fomos brincar para o quarto dele. A primeira coisa que fez, foi gatinhar até às gavetas...e toda a cena do "NÃO!! NÃO É PARA O BÉBÉ MEXER" se repetiu. Quando foi vencido, gatinhou até à tomada (apesar de ter protector, não quero que ele mexa, não vá um dia mexer numa que não esteja protegida). E mais uma vez "NÃO!! NÃO É PARA O BÉBÉ MEXER"... Lá andou a brincar até que se lembrou de se pôr de pé. Quando se cansou, em vez de se sentar, atirou-se para a frente...e voltou a bater com a cabeça no chão...mais choro. Desta vez passou depressa, bastou dizer "vamos tomar banhoca?"

Para acabar o dia, bebe o leite, vou deita-lo...a primeira coisa que faz é pôr-se de pé e dar uma cabeçada na cama...

 

Passo o dia com o coração nas mãos...e ainda não começou a andar!

 

tags:
desabafo por F. às 21:52
link do post | favorito